Pepsi, Cristiano Ronaldo e os Portugueses

Então parece que a Pepsi da Suécia fez aí uma série de fotos em que mata um boneco do Cristiano Ronaldo de várias formas, em antecipação a um jogo de futebol (claro) qualquer que houve com Portugal.

O resultado? Portugal inteiro revolta-se, ao ponto de uma empresa unipessoal (unipessoal! deve ser rico!) se dar ao trabalho de criar um vídeo de 1m44s como resposta rebelde ao vídeo da Pepsi, e de ser criada uma página de Facebook intitulada “Nunca mais vou beber Pepsi” que em menos de 21 horas ganhou 50 mil “likes”. Um minuto e quarenta e quatro segundos de vídeo parece pouco mas quem percebe do assunto compreende quantas horas de trabalho esse pedacinho representa, e para terem uma noção do que são 50 mil likes em 21 horas, páginas de organizações sem fins lucrativos que tentam há anos fazer algo por Portugal, como a da Quercus ou a da LPN, têm 21 mil e 12 mil “likes”, respectivamente.

Se um décimo desta atenção fosse dispensada a assuntos que realmente importam, se um décimo desta energia e tempo fossem gastos a fazer algo de positivo… tanto que Portugal ganhava!

Mas não, o que é importante é o Ronaldo. Por serem carneiros idiotas, lixam o próprio país, não só a vocês mas também aos outros, por isso um grande bardamerda para vocês todos.

Isto, meus caros, é o porquê de Portugal não sair da merda: os próprios Portugueses. Enquanto vocês, meus caros compatriotas, não tirarem a cabeça de dentro do cú e começarem a ter um pouco mais de brio no que fazem, a ter um pouco mais de preocupação com o que realmente importa, a tentar deixar de ser carneirinhos zombies, a conhecer um pouco mais o que é o vosso próprio país… até lá vão continuar a ter cortes nos salários, a ter desemprego, a ter Troikas, a ter um país arrasado anualmente por fogos postos, a ter um ordenado mínimo três vezes inferior ao de outros países que têm um custo de vida semelhante ao nosso e às vezes até inferior, a ter políticos que só vos enganam - e sabem que mais? É bem feito, porque com uma mentalidade destas, é o que merecem. Só tenho pena de me arrastarem também a mim e a tantos outros desgraçados que não têm culpa da vossa idiotice.

E agora vão lá ver o Benfica, que deve estar quase a começar.

As minhas desculpas àqueles a quem a isto não se aplica, por vos incluir no mesmo saco. Infelizmente vocês não são muitos mas acredito que compreendem este meu desabafo. Se não compreendem, merda para vocês também.